Curiosidades
19.set.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Município de São Paulo é o mais populoso

Cidade possui 12,2 milhões de habitantes

Imagem Município de São Paulo é o mais populoso
Logo Copiar Blog Notícia

O município de São Paulo é o mais populoso do país, com 12,2 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 3,0 milhões de habitantes cada), segundo estimativas das populações residentes nos 5.570 munícipios brasileiros do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ? IBGE.

Estima-se que o Brasil tenha 208,5 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,82% entre 2017 e 2018, de acordo com a Projeção da População (Revisão 2018).

Em 2018, pouco mais da metade da população brasileira (57,0% ou 118,9 milhões de habitantes) vive em apenas 5,7% dos municípios (317), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes.

Os municípios com mais de 500 mil habitantes (46) concentram 31,2% da população do país (64,9 milhões de habitantes). Por outro lado, a maior parte dos municípios brasileiros (68,4%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,4% da população do país (32,1 milhões de habitantes).

O déficit habitacional é muito grande no país. E a moradia é uma necessidade básica na vida. Como por exemplo, as pessoas sonham com a casa própria. Tem aqueles que vão se casar e vão sair da casa dos pais e buscam o seu próprio lar. Tem o casal que se separa e uma das partes precisa de um novo lugar para morar e tem aqueles que a família vai aumentar com a chegada de uma criança e muitas vezes precisam de uma casa maior.

E de acordo com Flavio Amary, presidente do Sindicato da Habitação - Secovi, o Brasil tem muito para expandir, pois há muitas oportunidades para explorar, principalmente se comparadas ao mercado imobiliário português. "Em Portugal tem 10 bilhões de habitantes, 6 milhões de casas e 4 milhões de famílias, ou seja, o país tem 1,5 de moradias por família. E quando a gente olha para o Brasil, o déficit habitacional é muito grande para atender. Não temos nem uma casa por família. E depois que a gente conseguir atender todo esse déficit, vamos precisar construir casas para as pessoas irem à praia, serra, interior, campo. Temos um crescimento demográfico e precisamos produzir muito terreno, casa, apartamento e escritório. Por isso, pensando a longo prazo, o ramo imobiliário é muito promissor aqui no Brasil."

Fonte:
ZO Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Oeste de São Paulo
www.zoimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Receba a primavera com grande estilo
Próximo Post >
Programa transforma os recicláveis em benefícios